quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

08:08




No dia 27 de fevereiro, a Microsoft colocará no ar o WorldWide Telescope, um software que tem funções semelhantes ao do Google Sky. Em outras palavras, trata-se de um programa que permitirá ao internauta a visualizar planetas e estrelas em ângulos privilegiados.

O aplicativo poderá ser baixado a partir de uma aplicação do Windows, mas não foi confirmado se o download também poder ser feito do Windows Live. Uma vez em funcionamento, os usuários observarão em seus monitores imagens de estrelas, constelações, planetas, entre outros astros, com direito a um longo efeito de zoom.

De acordo com a Microsoft, as imagens utilizadas são provenientes do telescópio espacial Hubble, além de mais dez equipamentos do gênero que ficam instalados na Terra. Uma vez que o usuário estiver navegando por uma determinada área, ele poderá escolher entre diversos modos de visualização, como o infravermelho ou luz invisível. Para desenvolver o WorldWide Telescope, a Microsoft fez uso do Photosynth, uma tecnologia que compila milhares de fotografias de uma determinada zona geográfica e a constrói em uma interface 3D.

0 comentários: