terça-feira, 18 de agosto de 2009

07:31
1


Atualmente é crescente o número de pessoas que, além de contratar planos de internet banda larga para sua casa, adotam também as conexões sem fio, seja para adquirir mobilidade e conforto, seja para compartilhar mais facilmente a conexão com a vizinhança ( que paga por isto :D ). O problema é que as vezes essas pessoas não tem conhecimento o suficiente para escolher equipamentos de boa qualidade e acabam comprando gato por lebre. Pois bem, preparamos esse artigo que vai lhe mostrar o que levar em conta ao escolher seu roteador. Go go go!

O principal componente de um rede sem fio é o roteador. É ele quem vai distribuir o sinal da rede sem fio e interligar todos os computadores desta rede. Algumas características devem ser levadas em conta na hora de escolher o roteador, são elas:

Padrão (802.11G ou 802.11N): Existem 2 padrões de conexão wireless hoje, o 802.11G e o 802.11N ( e o 802.11B ). O primeiro (e mais antigo) oferece uma velocidade local de 54Mbps e um alcance máximo teórico de 100 metros. Já o 802.11N oferece uma velocidade local de 300Mbps e um alcance quase duas vezes maior que o padrão G. Há dúvidas de qual é o melhor ?

Segurança: A segurança nas redes sem fio é um ponto que deve ser levado em consideração. Atualmente existem 2 grandes padrões para segurança em redes sem fio, são o WPA e o WPA 2. O WPA foi o sucessor do já bombardeado WEP em que a quebra da segurança nas conexões que o utilizam eram extremamente simples e rápidas, existindo até tutorias na internet que ensinam como quebrar redes sob os cuidados do WEP. Depois de um tempo de uso o WPA também foi quebrado e ficando vulnerável a medida em que se espalhavam passo-a-passos na internet ensinando como invadir redes WPA. Daí surgiu o padrão WPA2, mais seguro, porém menos popular que o WPA. Como assim menos popular ? Não são todos as placas de rede ou adaptadores wi-fi que suportam o WPA2 e os que o suportam são relativamente mais caros, portanto, antes de ativar o modo de segurança WPA2 verifique se todos os clientes possuem suporte ao padrão. Normalmente quase todos os roteadores do mercado oferecem suporte ao WPA2. Em suma, WPA2 = a mais segurança.

Antenas: Quanto mais melhor! Quantos mais antenas você tiver num roteador, melhor. Somente roteadores 802.11N possuem mais de 2 antenas. Além de se observar o número, você deve observar o ganho da antena ( a potência dela), pois, quanto maior o ganho, maior será a distância que o sinal vai percorrer. Esse ganho é medido em dBi, normalmente as as antenas vem com pelo menos 2 dBi, mas sempre procure por antenas a partir de 3 dBi.

Fabricante: A escolha do fabricante é muuuuuito, mas muuuuuuuuuuito importante meesmo na escolha do seu equipamento. Fabricantes como Cisco, 3Com, Linksys e Trendnet são boas opções para comprar um roteador. Claro que não é todo mundo que pode comprar um Cisco ou um 3Com, mas para um usuário doméstico um Linksys cai bem.

1 comentários:

contato disse...

Saiba o que fazer com sua sucata de informatica
acesse o site Sucata Eletroinfo::
www.sucataeletroinfo.com.br

http://www.sucataeletroinfo.com.br/