terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

04:21



O Grafeno, material totalmente bidimensional e feito inteiramente de átomos de carbono, arranjados entre si numa rede hexagonal (ou de favo de mel), é a mais nova tecnologia para fabricação de transistores de efeito de campo formados por uma camada de grafeno sobre uma lâmina de silício. Esta notícia foi dada pela Agância FAPESP [Veja link no fim do post].

No geral podemos fazer a seguinte afirmativa: o Grafeto é mais rápido que o Silício e ele pode 'para' (diminuir) a quantidade usada recentemente de silício para fabricação de peças fundamentais na fabricação de computadores como um todo.

De acordo com o estudo, o dispositivo atingiu a frequência de 100 gigahertz a uma distância de 240 nanômetros, superando a extensão dos melhores resultados de silício até hoje.

Talvez você não saiba [nem eu sabia] que o Grafeno é mais fino e é considerado o mais forte de todos os materiais, e ele tem sido cotado como o novo sucessor do silício na fabricação de chips de computador ou como o material de base para a nova geração de dispositivos eletrônicos.

0 comentários: