sexta-feira, 5 de março de 2010

04:08



A IBM criou uma tecnologia capaz de transferir informação em alta velocidade usando pulsos de luz no lugar de sinais elétricos. Divulgado na última quarta-feira, 03/03, o fotodetector nanofotônico avalanche tem grande rapidez e permite avanços na computação com a utilização de 20% a menos de energia que outros equipamentos.

A transmissão de dados alcança até 40 gigabits por segundo e utiliza suprimento de energia de 1.5 volt. O transporte dos sinais é feito por circuitos de silício, ao contrário dos sistemas atuais que usam fios de cobre.

Os pesquisadores pretendem criar uma interconexão óptica no chip para permitir o desenvolvimento de computadores com desempenho de exaflops, que equivale a 1.000.000.000.000.000.000 flops. Isso permite criar equipamentos até 600 vezes mais rápidos que o PC considerado o mais rápido do mundo atualmente, que alcança 1.75 petaflops ou 0.0175 exaflops.

0 comentários: