quarta-feira, 28 de abril de 2010

12:45
2



Os pen drives são a evolução do disquete. Fáceis de carregar e com alta capacidade de armazenamento, esses aparelhos estão por toda parte. Seus preços vêm caindo há algum tempo enquanto novos, com capacidade aumentada, são criados na mesma proporção. Junto com essa tecnologia em evolução, um problema que assola hardwares e outros produtos em geral também atingiu os pen drives: a falsificação.

Os pen drives da marca Kingston são os mais vendidos e, consequentemente, são os que mais sofrem com essa falsificação. Por isso, ao comprar um falso, você poderá ter uma série de problemas, como o pen drivepen drive genérico. conter a quantidade de armazenamento indicada na embalagem ou então ter seus arquivos corrompidos. Também existe a falsificação em que a carcaça de um Kingston é colocada por cima de um Kingston é colocada por cima de um pen drive genérico.

As evidências na hora da compra são perceptíveis apenas quando verificada com atenção a embalagem. Características podem ser observadas na embalagem e no próprio pen drive. Caso você possa comparar, veja que um pen drive falso é mais leve do que o original e não possui a luz verde que indica atividade. Além dessa atenção necessária, há uma série de dicas para seguir ao comprar um pen drive. Confira:

* Exija a nota fiscal quando comprar um pen drive. Ela é a sua garantia, caso ocorra algum problema;
* Nunca compre o produto em lugares duvidosos, como camelôs, por exemplo;
* Apesar das embalagens falsas serem quase perfeitas, as originais são embaladas à vácuo. Fique atento;
* O pen drive original exibe o nome "Kingston" quando é conectado à USB do computador;
* O pen drive original da Kingston possui o número de série no conector metálico;
* Desconfie de preços abaixo do normal, principalmente em pen drives de alta capacidade, como os de 128GB;

A Kingston também disponibiliza um serviço chamado Kingston Verificação de Memória , que permite ao usuário descobrir se o seu pen drive é falsificado ou não. Basta olhar no número de série exibido no conector e digitá-lo.
Fique atento aos detalhes:

Observe a foto no início da postagem: No detalhe a inscrição feita à laser no pendrive original. O falso não possui.

2 comentários:

ANDERSON disse...

muito bom ass:http://meditacaouniversal.blogspot.com/

ANDERSON disse...

CESAR E MEIO DIFICIL SABER SE E FALSO QUANDO ESTA NA CAIXA MA A DICA E BOA.