quarta-feira, 10 de novembro de 2010

07:37


















O Ibope – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística projetou um sistema chamado people meter que acompanha a audiência em dez capitais brasileiras. São Paulo é a única que tem os resultados em tempo real. Nas outras, os dados são enviados ao cliente no dia seguinte.

A maioria dos outros países do mundo usa um sistema parecido – mas, em tempo real, só o Brasil e o Chile (também implantado pelo Ibope). Primeiro, é traçada uma amostragem considerando-se classe econômica, escolaridade, faixa etária sexo e moradia. Aí então, selecionam-se residências representativas e convidam-se os moradores a participar da pesquisa, instalando em suas TVs aparelhos especiais – parecidos com um decodificador de TV a cabo – que monitoram a sintonia de canal.

Essa informação é enviada por radiofreqüência a diversas antenas espalhadas pela cidade que, por sua vez, a enviam, por modem, à central do Ibope. “Cada ponto de audiência equivale a 1% da população. Em São Paulo, isso significa 162 465 pessoas”, afirma Derli Pravato, coordenador de mídia do Ibope.

Fonte: Superinteressante

0 comentários: