segunda-feira, 29 de novembro de 2010

05:05









O grupo de estudantes e pesquisadores iGEM 2010, da Chinese University of Hong Kong, foi o responsável por uma pesquisa um tanto quanto inusitada. Eles conseguiram converter informações que armazenamos em nossos HDs para o código DNA.

O primeiro passo foi desenvolver o sistema que transcreve dados para DNA e os transforma de volta sem perder nenhuma informação. Em seguida, eles foram capazes de armazenar até 90 GB em apenas 1 g de bactéria E.coli.

Esta bactéria é muito comum entre os seres humanos, causadora de problemas como meningite e intoxicação alimentar. No entanto, os chineses afirmam que a perspectiva é de armazenar até 900.000 GB de informação em apenas 1 gr, o que levaria a uma conta impressionante, equivalente a 450 HDs de 2 TB.

Segundo os pesquisadores, estes estudos podem ter aplicações no futuro para guardar textos, imagens, músicas e vídeos. Além disso, poderá armazenar códigos de barra em organismos sintéticos, informações de segurança e até direitos autorais.

Fonte: Baixaki

0 comentários: