quarta-feira, 2 de março de 2011

03:26
1
















A tecnologia Touchscreen está acabando? Isso é fato, o touchscreen poderá ser extinto brevemente. O motivo? O material utilizado na fabricação de “touch” (telas sensíveis ao toque), telas LEDS está acabando e dificilmente está sendo encontrado no meio ambiente. E ainda as empresas do ramo não acharam um material similar. Estamos falando Óxido de Índio-Estanho (OIE), utilizado em tablets, monitores, smartphones, entre outros aparelhos.

O OIE é uma combinação de dois óxidos metálicos: o estanho e o índio, na qual o segundo material é o grande problema, pois o índio é um subproduto da mineração de chumbo e zinco, ou seja, muito raro de ser encontrado e possui um custo alto. Esse material consegue ser mais transparente do que o vidro e conduz eletricidade.

Infelizmente não se sabem quantas reservas de material índio possuem no planeta, mas de acordo com estudos geológicos dos Estados Unidos, avaliam que as reservas podem chegar a 16 mil toneladas, maioria no território da China.

Segundo Universidade de Northwestern (EUA), estudantes da própria universidade desenvolveram um material semelhante ao OIE, feito em óxido de cádmio e índio. Possui uma condutância maior que o OIE, mas NÃO é transparente quanto o OIE. Infelizmente o material possui diversos problemas como: O cádmio é altamente tóxico, produtos feitos por esse elemento estão a destinado quebrar, pois a fragilidade é nítida, ou seja, a troca de telas de smartphones, monitores, tablets seria uma rotina para os usuários.

Outra forma seria a utilização de nanofios de prata. Em fase de testes, o nanofio de prata apresentou transparência de 85% e condutividade menor ao OIE. Mas nem tudo é como nós queremos, o maior problema de adequar os nanofios de prata para a utilização e produção de aparelhos touchscreen é o custo. O material nanofio de prata é “apenas” dez vezes mais caro que o próprio OIE, mesmo com a alta produção e compra do material, o custo ainda ficará alto em comparação ao OIE.

Vale lembrar que os pesquisadores estão buscando uma forma mais adequada para a substituição do OIE. Ainda as pesquisas, ressaltando o uso atual e a quantidade restante do elemento Óxido de Índio-Estanho, as reservas poderão simplesmente esgotar em 2020.

Fonte: Já? Comparou

1 comentários:

tonyfrasouza disse...

Que coisa? Seria possível reciclar? Pois acredito que um aparelho touch não fique muito tempo uso e acaba indo pro lixo e substituído por um novo.

Pelo menos para telas de LCD:
http://vidasustentavel.perus.com/reciclagem/286