quinta-feira, 19 de maio de 2011

11:43


Estudo realizado pela Forrester Consulting, e encomendado pela Dell e Intel, mostra que os diretores de TI não consideram que tablets sejam capazes de tornar seus trabalhos mais produtivos. O notebook continua a ser o eleito como tecnologia que possibilita maior produtividade, citado por 59% dos executivos ouvidos pela pesquisa. Em segundo lugar estão os desktops, com 50%, e smartphone com 41%

A pesquisa foi motivava por recentes constatações de que o sucesso do iPad estava causando queda na venda de PCs e que os consumidores passam mais tempo usando tablets do que notebooks. O levantamento concluiu que, embora isso esteja acontecendo com o usuário doméstico, nas empresas o cenário é diferente.

Além de não serem vistos como essenciais, os tablets trazem muitos desafios, segundo a maioria dos executivos ouvidos. No levantamento, 58% deles disseram que o custo e o crescente número de dispositivos com necessidade de suporte são as principais preocupações no processo de aquisição desses aparelhos.

Fonte: Tecnologia & Cia

0 comentários: