sexta-feira, 26 de agosto de 2011

08:47












Enquanto empresas do ramo da tecnologia trazem novidades que incrementam seus aparelhos – como maior número de funções e velocidade de processamento – poucas são aquelas companhias que realmente investem tempo e dinheiro no bem-estar das pessoas.

Pode-se dizer que a NeuroSky pertence ao segundo grupo, já que através de uma pesquisa realizada, ela pode revolucionar como as pessoas conduzem seus veículos e sua segurança pessoal. A empresa está desenvolvendo um aparelho que monitora a atividade cerebral dos motoristas: são sensores que leem as atividades cerebrais e estão embutidos no descanso para a cabeça do banco. Assim, caso alguém venha a dormir no volante, um alerta é disparado para mantê-lo acordado.

Representantes da General Motors estariam interessados em integrar essa tecnologia a alguns modelos de seus carros no futuro. Mas, como o dispositivo não garante 100% de eficiência, é provável que venha a demorar um pouco até que outras montadoras também se interessem.

Mesmo assim, é incrível a proposta da NeuroSky. Parece até saído de um livro de ficção científica. Se a tecnologia realmente for introduzida no mercado, é possível que venha a evitar diversos acidentes de trânsito causado pelo sono dos motoristas.

“Nós sabemos que podemos distinguir as ondas cerebrais de alguém que está bem acordado e alertar alguém que está sonolento e em risco de adormecer ao volante. São necessários mais testes. No entanto, estamos em um patamar suficiente para dizer que isso é absolutamente viável”, diz Tansy Brook, porta-voz da NeuroSky.

Fonte: POP do seu lado

0 comentários: