sexta-feira, 23 de setembro de 2011

06:29


O engenheiro cearense Fernando Ximenes proprietário da empresa Gram-Eollic apresentou na EcoEnergy em São Paulo o carro quadriflex, movido a gasolina, etanol, energia eólica e elétrica. Utilizando um veículo flex (Fiat Uno), incorporou a tecnologia que inventou, que consiste em um painel de células fotovoltáicas e mini-turbinas instaladas no para-choque do veículo, gerando energia elétrica para funcionalidade de equipamentos como ar-condicionado, recarga de bateria e outros. 


Como o motor fica livre dessa função (sem correia de alternador para recarga da bateria) economiza combustível. Segundo Ximenes a economia de pode chegar a 40% e o mesmo percentual na redução de CO2 o que torna a invenção bastante interessante, o preço do equipamento gira em torno de R$ 8.000,00. Todo o sistema elétrico será abastecido pelo painel e turbinas e não gera risco do motorista ficar sem bateria, porque ela inicia seu processo de abastecimento quando o carro atingir uma velocidade de 40km/h ou quando ficar estacionado em local ensolarado.

 Apesar da utilização do Uno, a Fiat não participa do projeto, mas uma empresa americana já demonstrou interesse na teconologia que é fruto do trabalho de seis anos.

0 comentários: