segunda-feira, 9 de julho de 2012

06:48

 
Foi aprovado nos Estados Unidos pela FDA – Food and Drug Administration, a venda de um kit caseiro que permite identificar em poucos minutos se uma pessoa está infectada pelo vírus da Aids, o HIV.

O teste é feito em um aparelho similar ao que se usa hoje em dia nos testes de glicose normalmente utilizados por diabéticos. A diferença deste aparelho é que ao invés de uma amostra de sangue, ele utiliza apenas um pouco de saliva que é analisada pelo equipamento e que dá um resultado bastante preciso e seguro em um período que costuma variar de 20 a 40 minutos.

Segundo a empresa OraSure, criadora do teste caseiro que é chamado de OraQuick, os resultados tem precisão de 92% na identificação de pessoas que são portadoras do vírus da aids e de 99% ao identificar quem não está identificado. Isto significa que embora exista uma margem de erro e uma janela imunológica, o teste que pode ser feito rapidamente em qualquer lugar ajudará a reduzir o número de novas pessoas que se contaminam com a doença anualmente.

A princípio este teste será vendido apenas nos Estados Unidos e deverá custar por lá o equivalente a R$ 120,00 sendo um kit de uso único vendido diretamente ao consumidor final, que terá à sua disposição uma central de atendimento com profissionais de saúde que poderão dar um suporte inicial para os casos onde o teste identifique que o paciente é soropositivo. Já para profissionais de saúde, o Kit custará o equivalente a R$ 35,00 e não dará direito à central de suporte.

As vendas do OraQuick iniciarão em outubro e mesmo sendo uma revolução no diagnóstico, ainda é importante ressaltar que o método não é 100% seguro, mas reduz drasticamente os riscos de um contágio em uma exposição a sexo sem uso de preservativos.

Fonte: Vídeos Espetaculares

0 comentários: