terça-feira, 28 de agosto de 2012

09:33


O número de vírus criados para dispositivos móveis, como smathphones e tablets, cresceu 600% em 2011 e deve crescer cerca de 300% em 2012, de acordo com informações do analista da Kaspersky (empresa de segurança virtual), Jorge Mieres.

Segundo Mieres, a América Latina atualmente conta com 600 milhões de celulares dentre os quais 200 milhões são smarthphones. Apesar do alto número, apenas 35% desses aparelhos contém algum tipo de antivírus.

Na opinião do analista, o numero de vírus voltados para smarthphones cresce de forma acelerada. Em janeiro de 2011, havia apenas 20 vírus para esses aparelhos, mas o número chegou a 4101 em dezembro do mesmo ano.


Conforme o Mieres, a principal maneira de propagação desses vírus é através de aplicativos gratuitos, especialmente de jogos. “Falta conscientização dos usuários sobre o uso dessas novas tecnologias e sobre como combater os delitos”, comenta.

Segundo ele, além do uso de um antivírus eficiente é recomendado que o usuário tenha uma senha segura e verifique sempre as permissões necessárias antes de baixar um aplicativo, principalmente no caso de jogos. Evitar uso de redes públicas (wi-fi) também são recomendadas para diminuir as chances de o smarthphone adquirir vírus.

Fonte: Terra

0 comentários: