quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

08:24
1


A internet no Brasil ainda precisa se acelerar muito para chegar perto da dos países desenvolvidos e mesmo da de vizinhos como Colômbia e Chile. Segundo levantamento da empresa norte-americana Akamai, especializada no assunto, a web no Brasil é a 35ª mais veloz em uma lista de 45 países.

A pesquisa mostra que, no terceiro trimestre de 2009, a velocidade média da web no Brasil era de 1.085 Kbps (kilobits por segundo), ou 93% mais lenta que a da Coreia do Sul -a líder do ranking.
Entre as cidades brasileiras analisadas, Curitiba tem a velocidade média mais rápida, 1.928 Kbps, o que a colocaria na 32ª posição entre os países.

Outro indicador de como as pessoas têm acesso a uma web lenta no país é que 20% das conexões têm velocidade inferior a 256 Kbps, que é a velocidade mínima estabelecida pela UIT (União Internacional de Telecomunicações, órgão ligado à ONU) para uma internet ser considerada banda larga.

Somente Síria (69%), Sudão (35%) e Índia (26%) têm um índice pior que o brasileiro. Entre os sete latino-americanos analisados, a Venezuela é a que mais se aproxima do Brasil, com 11% das conexões com velocidade menor que 256 Kbps.

Na outra ponta, 1,4% das conexões no país têm velocidade maior que 5.000 Kbps, no 34º lugar da pesquisa.

1 comentários:

ANDERSON disse...

OLA CESAR GOSTEI BASTANTE DO POST WEB LENTA ESSA BRASILEIRA; TAMBEM O GOVERNO NAO INCENTIVA EM NADA UMA REFORMALAÇAO SOBRE UMA VELOCIDADE PATRAO COMFORTAVEL,CONTUDO EM TORNO 20% DOS INTERNALTAS AINDA USA O VELHO MODEM DISCADO.JA 256K SERIA UM SONHO DE CONSUMO PARA ESSE CIDADAO COM SEDE DE CONHECIMENTO.NO ENTANTO AS OPERADORAS BRASILEIRAS DE BANDA LARGA MAS PARECE BANDA ESTREITA PELA VELOCIDADE QUE OFERECE A PREÇOS EXORBITATES PARA OS PADROES DO BRASIL. OBRIGADO SOU SEU ALUNO NO MONTAGEM E MANUTENÇAO DE PC. ANDERSON O DA MEMORIA DDR2 DE 400MHZ ELA EXISTE MESMO NAO E.