quinta-feira, 14 de abril de 2011

05:58
2


















Wireless - A tradução do inglês significa sem fio. As redes Wireless utilizam como meio de rádiofrequencia, desta forma todo tipo de transmissão que utiliza como meio de transmissão ondas de rádio são também redes wireless. Existem diversos tipos de comunicações que utilizam este meio como exemplo: telefones sem fio, infravermelhos como um controle remoto, rádio amadores, etc. Todas estas formas de comunicação sem fio podem ser chamadas de redes Wireless pois não dependem de cabo (cabo UTP, fibra, coaxial, etc). Outra característica é que normalmente operam com a freqüência de 2.4 Ghz, que é uma freqüência livre ou seja não depende de autorização dos órgãos regulamentadores (ANATEL) para instalação e utilização, diferentemente de redes celulares que devem seguir um protocolo de normas e procedimentos para operação.

Wi-Fi – É uma marca licenciada pela Wi-Fi Alliance, uma união entre fabricantes de hardware inicialmente liderada por (3Com, Nokia e Lucent) hoje com inúmeros fabricantes ao redor do mundo. O termo Wifi designa aparelhos que obedecem o padrão IEEE 802.11 (A,B e G). Este define entre outras coisas: as normas de interoperabilidade entre equipamentos q, freqüência de operação, protocolos de segurança como (Wep, WPA, WPA2) entre outros aspectos técnicos dos equipamentos.

Sendo assim quando você ver um equipamento com o selo Wi-Fi significa que, além dele ser um equipamento com recursos Wireless, ele também segue o padrão definido pelos fabricantes da Wi-Fi Alliance.

Trocando em miúdos

Toda rede Wi-Fi é uma rede Wireless, mas nem toda rede Wireless é uma rede Wi-Fi.

Toda conexão que ocorre sem uso de cabos ou fios é uma conexão Wireless.

Fonte: Infodias Tecnologia

2 comentários:

Janir disse...

Estou conhecendo seu Blog à partir de hoje li sobre você(Professor Adriano) no jornal Estado de Minas e ja achei bem interessante essa explicação de WIFI E WIRELESS,vou esta acompanhando seu Blog sempre agora,VALEU ADRIANO!!!

Papelaria Pergaminho disse...

Arre que apareceu uma explicação consistente. Já li tanta besteira sobre isso; não tanto pela informação em si, mas pela falta de objetividade na explicação. Obrigado.
- - - - - - -
Paulo Roberto